Planejando a Instalação do Windows Server 2016

By | July 10, 2017

Windows Server

Realizar a instalação de um novo servidor pode ser uma tarefa relativamente simples para administradores, no entanto, requer uma série de cuidados e decisões importantes a serem tomadas.

Uma instalação mal planejada pode afetar a implementação de um servidor, ou de um ambiente, bem como ocasionar problemas futuros na sua administração e manutenção.

O planejamento de implementação de um servidor inicia antes mesmo de efetuar a compra do hardware (servidor) e do sistema operacional.

Uma das tarefas do planejamento, é verificar os requisitos e necessidades da sua organização, para que você possa oferecer a melhor solução e custo benefício.

 Você deve escolher o hardware e a edição do sistema de acordo com a quantidade e o tipo de roles e features que você planeja implementar. Cada uma das roles e features exigem recursos de hardware diferentes, podem exigir mais ou menos recursos conforme veremos adiante.

Seguem algumas questões que você deve considerar:

Qual edição do Windows Server 2016 eu devo utilizar?

A Microsoft oferece diversas opções entre as edições disponíveis, o qual variam de acordo com as funções (roles) que elas incluem,  os recursos (features) que elas suportam, e o custo de licenciamento.

Você pode escolher a versão que melhor acomoda as necessidades da sua organização,  ao invés de pagar por roles e features que você não precisa.

Edições do Windows Server 2016

Abaixo, segue uma breve descrição de cada uma das edições do Windows Server 2016:

  • Windows Server 2016 Essentials – Solução para pequenas empresas. Corresponde ao Windows Small Business Server das versões anteriores do Windows Server. Esta edição permite utilizar até 25 usuários e 50 dispositivos. Suporta dois processor cores, e até 64 gigabytes (GB) de memória (RAM). Não possui suporte à muitas features do Windows Server 2016,  como Storage Spaces Direct, Nano Server e Containers.
  • Windows Server 2016 Standard – Destinado para ambientes com servidores físicos com pouca demanda de virtualização. Provê a maioria das roles e features disponíveis no Windows Server 2016. Suporta até 64 sockets e até 4 terabytes de RAM. Inclui licença para uso de até 2 máquinas virtuais e suporta a instalação do Nano Server.
  • Windows Server 2016 Datacenter – Esta edição é designada para infraestruturas virtualizadas, incluindo ambientes de cloud privada e cloud híbrida. Fornece todas as roles e features disponíveis para o Windows Server 2016. Suporta até 64 sockets,  640 processor cores, e 4 TB de RAM. Inclui suporte ilimitado para máquinas virtuais. Inclui novas features como Storage Spaces Direct e Storage Replica, Shielded Virtual Machines e features para software-defined datacenter.
  • Microsoft Hyper‑V Server 2016 –  Atua como um servidor de virtualização stanstand-alone para as máquinas virtuais, e inclui todas as features e componentes de virtualização do Windows Server 2016. O Sistema operacional do host não requer licenciamento, é gratuito. No entanto, as máquinas virtuais devem ser licenciadas.  Esta edição suporta até 64 sockets e 4 TB de RAM. Possui suporte para ingressar em um domínio. Ela não suporta outras roles do Windows Server 2016, ele contém apenas o Hypervisor do Windows.  Não possui Interface Gráfica, possui apenas um console de configuração.
  • Windows Storage Server 2016 Workgroup – É uma edição de nível de entrada para storage appliance. Suporta até 50 usuários, um processor core e 32GB de RAM. Também possui suporte para ingressar em domínio.  Disponível apenas nos canais OEM, a Edição Storage Server é oferecida em conjunto como parte de uma solução para hardware de storage.
  • Windows Storage Server 2016 Standard – Suporta até 64 sockets, 4TB de RAM, inclui duas licenças para máquinas virtuais. Também possui suporte para ingressar em domínio e algumas roles  como: Domain Name System (DNS), Dynamic Host Configuration Protocol (DHCP) server, mas não possui suporte para Active Directory Domain Services (AD DS), Active Directory Certificate Services (AD CS), ou Active Directory Federation Services (AD FS).

Quais Roles e features serão instaladas?

Cada edição possui uma lista de roles e features disponíveis e características diferentes para atender todos os tipos de necessidades. Verifique neste link  as roles e features disponíveis no Windows Server 2016.

Logo, algumas roles mais complexas como Active Directory Certificate Services e um Cluster de Failover exigem recursos adicionais e não estão disponíveis em todas as edições, por exemplo.

Também é importante considerar software de terceiros, pois estes também podem demandar mais recursos tanto de hardware como de software e possuem requisitos próprios.

Qual opção de instalação eu devo escolher?

A maioria das edições do Windows Server 2016 incluem duas opções de instalação:

Desktop Experience -Server Manager

– Desktop Experience

Instala a interface gráfica de usuário padrão (GUI) e possui ferramentas de gerenciamento como o Server Manager.

– Server Core

Não possui  interface gráfica, requer menos memória RAM e reduz o espaço necessário em disco.

É  opção padrão de instalação e recomendada pela Microsoft, a menos que você precise dos recursos gráficos e dos elementos adicionais da interface do usuário e das ferramentas gráficas de gerenciamento. A ausência da interface gráfica reduz algumas vulnerabilidades do sistema (superfície de ataque),  pois instala menos componentes, e roda com menos processos e serviços.

Comparativo entre as opções de instalação

E a terceira opção de instalação e uma das novidades do Windows Server 2016, Nano Server.

É uma micro instalação do Windows server e reduz consideravelmente o uso de recursos. Consegue ser mais compacto que o server core,  roda mais rápido, exige menos atualizações e reinicializações.

O Nano Server é administrado remotamente e otimizado para rodar na nuvem e em datacenters.

Porém, não há opção no assistente de instalação, o Nano Server  é implementado utilizando PowerShell.

Ele pode ser implementado como um disco VHD ou como um arquivo de imagem do Windows (WIM). O VHD pode ser inicializado diretamente em uma máquina física.

Virtualização faz parte da sua estratégia?

Se a utilização de máquinas virtuais faz parte da estratégia de implementação, você deve incluir no seu planejamento quais roles e features serão utilizadas no seu host físico bem como nas máquinas virtuais que este host está hospedando.

Outro detalhe importante a ser considerado, quais e quantos recursos serão necessários em caso de um host ter que hospedar outras máquinas virtuais durante uma situação de falha?

Em caso de falha talvez seja necessário mover máquinas virtuais de um servidor para o outro, por exemplo, e para isso você deve ter recursos disponíveis suficientes para executar tais operações.

Portanto, respondendo estas perguntas você poderá determinar quais recursos de hardware e qual edição do Windows Server 2016 você irá utilizar.

Os requisitos mínimos para instalação do Windows Server 2016 estão descritos em um outro post, clique neste link para saber mais.

Até mais!

 

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *